Menu

The Journey of Mollerup 730

maracapeace5's blog

Segundo o Banco Central

Aproveite O Valor Especial De Lançamento De Curso!


Existem dois jeitos básicos de não ver de perto algo: quando ela é rara e quando é abundante. A parte rara é descomplicado de perceber. Você quase não vê águias no céu das cidades, já que elas raramente voam em centros urbanos. Contrariando a intuição, bem como não vemos os pardais, porque são tão vários que nem sequer reparamos nele.



Por estarem em todo ambiente tornam-se invisíveis. Acontece com coisas objetos e imateriais, com pessoas, atitudes, comportamentos. Acontece com o nosso racismo. O racismo no Brasil, lamentavelmente, está por todo local. Muitas vezes a gente não vê, por causa de é na inexistência que o racismo se faz presente. Você não vê um CEO negro na reunião da organização, não descobre uma ginecologista negra no momento em que marca uma consulta pelo convênio, não vê alunos negros pela sala de aula de um curso de engenharia na faculdade.


  1. Mídia social é Meio, E Não Fim De Ativação · Notícia · Máquina Do Esporte
  2. Acréscimo de aproximadamente 80% no engajamento do teu perfil
  3. Desenvolver reconhecimento de marca
  4. Em que ocorrências ele será importante
  5. sete Maneiras Acessível pra Anunciar um Evento nas Redes sociais
  6. Aprovar verba mensalmente com o freguês
  7. 2 de dezembro de 2015 - 12:Onze

Isto é fruto de todo um sistema social que privilegia brancos desde a todo o momento, que permite ao branco a ascenção social que nega aos negros. E, ainda que um negro consegue estudar e ascender socialmente, várias vezes é preterido por um candidato branco no meio do caminho. Isto no papel, ‘oficialmente’ por causa de, na prática, o sistema ainda é vigente, está impregnado pela cultura, pela língua e dessa forma deve ser apontado, destacado, pra ser mudado. Como dizia meu professor de Termodinâmica no curso de Física da USP, Henrique Fleming, ‘o óbvio só é óbvio no momento em que é ressaltado’. É óbvio que existe muito racismo no Brasil e é só ressaltando e apontando a gravidade desse defeito que poderemos, coletivamente, exterminá-lo.


“Ah, todavia mesmo que o racismo ainda exista, eu não sou racista, tenho até amigos que…! ” - dirão alguns, dirão muitos, diremos todos. E no ‘até’ a gente agora vê o Nove Dicas Para Um Marketing Pessoal Efetivo Nas Redes sociais . A pessoa nem ao menos percebe, todavia ao expor ‘eu aceito um médico negro sem defeito, inclusive uma vez eu fui no oftalmo que era negro’.


Ou seja, é a exceção que confirma o regulamento de que o ESPERADO é que o médico seja branco. Em razão de está naturalizado em nossa cultura que desta forma é, que portanto necessita ser. Mas… como localizar que é NATURAL aguardar que todos médico seja branco num povo de maioria negra como o Brasil?


Não seria lógico, ‘natural’, aguardar que, senão a maioria, ao menos METADE dos médicos, engenheiros, professores, gerentes de banco, presidentes de organização, fossem negros? Seria, se o mundo fosse íntegro, se a nação fosse equânime, se as oportunidades fossem idênticos, COMO DEVERIA SER. Como desejamos fazer com que seja. E já que estamos mudando (com o objetivo de melhor), como população, é preciso conversar o racismo nas redes sociais, nos artigos, nos vídeos, em toda realização de tema que caracteriza nossa nação conectada que tem de tantos meios eletrônicos de expressão. Estes meios são de alta velocidade, alcance planetário e provocam milhões de adolescentes e adultos. Sim, estou explicando do caso do Júlio Cocielo.


Eu não o conheço pessoalmente. Imagino que ele tem milhões de seguidores, é de Osasco, participava do Pânico fazendo aquele ‘humor de zuêra e molecagem’ e que casou recentemente. Se ele é bonzinho, humilde, ótimo caráter, se todos gostam dele, não sei expressar. O que eu entendo é que vi preconceito, sim, em um tweet recente que ele publicou e em vários postagens do passado que ainda estavam no ar e ele indisponibilizou.


A liga de ideias contida naquele tweet era nítida. Ele ligou o jogador francês Mbappé à ‘arrastão’. Um advogado de defesa poderá tentar falar (como Julio tentou, aliás) usar a velocidade como desculpa. ‘Mbappe corre tão depressa, é tão rápido, que poderia fazer um arrastão na praia’. Como Ganhar Seguidores No Instagram? que a PRIMEIRA associação de ideias de VELOCIDADE é… arrastão? Casa De Imagem Marketing Digital de arrastão são os mais velozes do universo?


Claro que não. Portanto não foi ‘apenas’ a velocidade. E no momento em que você diz ‘arrastão’ você pensa em quê? Numa tática de furto em bando. E como é o bando? Mulheres norueguesas de biquini? Monges budistas de roupa vermelha? Não. Você fala ‘arrastão’ e pensa em um bando de moleques pobres que descem da favela para usurpar velozmente os pertences de brancos que estão pela praia.


Go Back

Comment

Blog Search

Comments

There are currently no blog comments.